Aviso


Os textos e imagens são da minha autoria. Os que retiro do domínio público estão identificados. Mas, em caso de lapso, não existindo intenção de violação dos direitos de autor, agradeço a informação, sendo desde logo, retirado.

domingo, 16 de junho de 2013

Mudar de Emprego. Aspetos a considerar




Já foi tempo em que as pessoas passavam toda a sua vida profissional na mesma empresa. Estas seriam sempre vistas com admiração. Atualmente, as perspetivas mudaram. Em alguns setores profissionais, o trabalhador pode ser desvalorizado.
Na cultura anglo-saxónica, é visto como fator de valorização o trabalhador que antes dos 30 anos, tenha tido um percurso profissional, em pelo menos 3 empresas.
Em Portugal, já se vai optando por esta vertente, o que significa, que esta forma de estar no mercado de emprego passa a ser vantajosa, consequentemente, os trabalhadores mais jovens, não podem negligenciar este alteração no mercado de trabalho.
A mudança deve partir do princípio de que existe uma grande probabilidade de sucesso e neste sentido, é fundamental a escolha do momento para o fazer.
No momento para o fazer, o trabalhador terá que analisar além das suas aspirações, as suas aptidões.
O Curriculum Vitae é o primeiro trunfo, dele incluindo a carta de apresentação, adaptada à organização que pretende inserir-se.
Por sua vez, o trabalhador deve analisar outros aspetos, nomeadamente, os relacionados com a vida pessoal e social, visto que, hoje em dia, a posição profissional é o motor do êxito pessoal, influenciando amizades, imagem pessoal, etc.
Se é verdade, que a não evolução na carreira numa determinada empresa levará o trabalhador a ressentir-se levando-o a desmotivação, e consequentemente a procura de uma nova realidade de acordo com as suas ambições, a mudança de emprego pode ser traumatizante.
Neste sentido, consulte o quadro seguinte que mostra as questões básicas a ter em consideração no momento que se pretende mudar de emprego.
    Questões
Respostas



Porquê? – Vantagens?
A mudança de emprego dá a oportunidade de uma pessoa ambiciosa sair da empresa que não tem interesse na sua carreira;
Permite acelerar a entrada para outras empresas;
Permite alargar a experiencia profissional;
Permite acumular contactos necessários para o desenvolvimento da carreira, em outras áreas de atividade e empresas.



Quando? Situações?
Por ocasião de êxitos recentes que aumentam a valorização profissional;
Aquando da falta de reconhecimento dos talentos no emprego atual;
No momento em que se constata que a empresa para o qual se trabalho se deixa ultrapassar pelos seus concorrentes sem ter a capacidade de intervenção;



Como? Procedimentos?
Organizar o CV;
Fazer marketing pessoal;
Oferecer os serviços para quaisquer lugares compatíveis com as habilitações;
Falar da disponibilidade e das qualificações no círculo de convívio;
Frequentar os meios relacionados com as respetivas competências

Qual o comportamento?
Agarrar a oportunidade que surge;
Assumir o risco da mudança:
Mudar de emprego antes de estar estagnado;
Valorizar constantemente o CV


2 comentários:

  1. Por aqui muda-se como se mudasse de camisa.
    Por vezes em boas situações outras em más.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em Portugal, o mercado de emprego só agora começou a dar sinais de que nada é para - à vida. Neste período de transição, a mudança de emprego é sinal de incompetência, inadaptação do trabalhador.

      Só alguns directores de empresas entendem que pode ser uma mais-valia esta forma de estar, no mundo laboral.


      Eliminar